Lucas 6 Capítulos Paralelas
Lucas 6
Capítulos Paralelas
KJAJFAKJV
1Em um certo dia de sábado, enquanto Jesus caminhava pelos campos, onde se plantavam cereais, seus discípulos começaram a colher e a debulhar espigas com as mãos, e se alimentavam dos grãos. 1E sucedeu que, num dia de sábado, passava Jesus pelas searas; e seus discípulos iam colhendo espigas e, debulhando-as com as mãos, as comiam.   1And it came to pass on the second sabbath after the first, that he went through the corn fields; and his disciples plucked the ears of corn, and did eat, rubbing them in their hands.
2Foi quando alguns dos fariseus os inquiriram: “Por que fazeis o que não é permitido durante o sábado?” 2Alguns dos fariseus, porém, perguntaram; Por que estais fazendo o que não é lícito fazer nos sábados?   2And certain of the Pharisees said unto them, Why do ye that which is not lawful to do on the sabbath days?
3Então Jesus os questionou: “Nem ao menos tendes lido o que fez Davi, quando teve fome, ele e os seus companheiros? 3E Jesus, respondendo-lhes, disse: Nem ao menos tendes lido o que fez Davi quando teve fome, ele e seus companheiros?   3And Jesus answering them said, Have ye not read so much as this, what David did, when himself was an hungred, and they which were with him;
4Pois ele entrou na casa de Deus e, tomando os pães da Presença, alimentou-se do que apenas aos sacerdotes era permitido comer, e os entregou de igual modo aos seus amigos”. 4Como entrou na casa de Deus, tomou os pães da proposição, dos quais não era lícito comer senão só aos sacerdotes, e deles comeu e deu também aos companheiros?   4How he went into the house of God, and did take and eat the shewbread, and gave also to them that were with him; which it is not lawful to eat but for the priests alone?
5E Jesus lhes asseverou: “O Filho do homem é Senhor do sábado!” O homem da mão atrofiada 5Também lhes disse: O Filho do homem é Senhor do sábado.   5And he said unto them, That the Son of man is Lord also of the sabbath.
KJAJFAKJV
6Num outro sábado, Ele entrou na sinagoga e iniciou o seu ensino; e estava ali um homem cuja mão direita era atrofiada. 6Ainda em outro sábado entrou na sinagoga, e pôs-se a ensinar. Estava ali um homem que tinha a mão direita atrofiada.   6And it came to pass also on another sabbath, that he entered into the synagogue and taught: and there was a man whose right hand was withered.
7Os doutores da Lei e os fariseus estavam ávidos para achar algum motivo pelo qual pudessem acusar Jesus; e por isso o observavam com toda a atenção, a fim de perceber se Ele o haveria de curar durante o sábado. 7E os escribas e os fariseus observavam-no, para ver se curaria em dia de sábado, para acharem de que o acusar.   7And the scribes and Pharisees watched him, whether he would heal on the sabbath day; that they might find an accusation against him.
8Todavia, Jesus tinha conhecimento do que eles pensavam, mesmo assim pediu ao homem da mão atrofiada: “Levanta-te, vem à frente e permanece em pé aqui no meio”. E o homem se levantou e atendeu a Ele. 8Mas ele, conhecendo-lhes os pensamentos, disse ao homem que tinha a mão atrofiada: Levanta-te, e fica em pé aqui no maio. E ele, levantando-se, ficou em pé.   8But he knew their thoughts, and said to the man which had the withered hand, Rise up, and stand forth in the midst. And he arose and stood forth.
9Jesus então dirigiu-se a eles: “Eu vos apresento uma questão: O que é permitido realizar no sábado: o bem ou o mal? Salvar uma vida ou destruí-la?” 9Disse-lhes, então, Jesus: Eu vos pergunto: É lícito no sábado fazer bem, ou fazer mal? salvar a vida, ou tirá-la?   9Then said Jesus unto them, I will ask you one thing; Is it lawful on the sabbath days to do good, or to do evil? to save life, or to destroy it?
KJAJFAKJV
10E Jesus olha atentamente para cada um dos que estão à sua volta e ordena ao homem: “Estende a tua mão!” O homem a estendeu, e ela foi instantaneamente restaurada. 10E olhando para todos em redor, disse ao homem: Estende a tua mão. Ele assim o fez, e a mão lhe foi restabelecida.   10And looking round about upon them all, he said unto the man, Stretch forth thy hand. And he did so: and his hand was restored whole as the other.
11Contudo, eles ficaram enraivecidos e começaram a tramar entre si sobre que fim dariam a Jesus. Jesus escolhe seus doze apóstolos 11Mas eles se encheram de furor; e uns com os outros conferenciam sobre o que fariam a Jesus.   11And they were filled with madness; and communed one with another what they might do to Jesus.
KJAJFAKJV
12E ocorreu naquela ocasião que Jesus se retirou para um monte a fim de orar, e atravessou toda a noite em oração a Deus. 12Naqueles dias retirou-se para o monte a fim de orar; e passou a noite toda em oração a Deus.   12And it came to pass in those days, that he went out into a mountain to pray, and continued all night in prayer to God.
13Logo ao nascer do dia, convocou seus discípulos e escolheu dentre eles, doze, a quem também designou como apóstolos: 13Depois do amanhecer, chamou seus discípulos, e escolheu doze dentre eles, aos quais deu também o nome de apóstolos:   13And when it was day, he called unto him his disciples: and of them he chose twelve, whom also he named apostles;
14Simão, a quem deu o nome de Pedro; seu irmão André; Tiago; João; Filipe; Bartolomeu; 14Simão, ao qual também chamou Pedro, e André, seu irmão; Tiago e João; Filipe e Bartolomeu;   14Simon, (whom he also named Peter,) and Andrew his brother, James and John, Philip and Bartholomew,
15Mateus; Tomé; Tiago, filho de Alfeu; Simão, conhecido como Zelote; 15Mateus e Tomé; Tiago, filho de Alfeu, e Simão, chamado Zelote;   15Matthew and Thomas, James the son of Alphaeus, and Simon called Zelotes,
16Judas, filho de Tiago; e Judas Iscariotes, que se tornou traidor. Jesus cura e liberta multidões 16Judas, filho de Tiago; e Judas Iscariotes, que veio a ser o traidor.   16And Judas the brother of James, and Judas Iscariot, which also was the traitor.
KJAJFAKJV
17Então, desceu Jesus com os apóstolos e parou num lugar plano. Estavam ali reunidos muitos dos seus discípulos, e uma enorme multidão vinda de toda a Judéia, de Jerusalém e do litoral de Tiro e de Sidom, 17E Jesus, descendo com eles, parou num lugar plano, onde havia não só grande número de seus discípulos, mas também grande multidão do povo, de toda a Judéia e Jerusalém, e do litoral de Tiro e de Sidom, que tinham vindo para ouví-lo e serem curados das suas doenças;   17And he came down with them, and stood in the plain, and the company of his disciples, and a great multitude of people out of all Judaea and Jerusalem, and from the sea coast of Tyre and Sidon, which came to hear him, and to be healed of their diseases;
18pessoas que vieram para serem ensinadas por Ele e curadas de suas doenças. Aqueles que eram atormentados por espíritos impuros foram curados, 18e os que eram atormentados por espíritos imundos ficavam curados.   18And they that were vexed with unclean spirits: and they were healed.
19e cada pessoa da multidão procurava tocar nele, pois dele emanava poder que curava a todos. As bem-aventuranças 19E toda a multidão procurava tocar-lhe; porque saía dele poder que curava a todos.   19And the whole multitude sought to touch him: for there went virtue out of him, and healed them all.
KJAJFAKJV
20Então, dirigindo o olhar para os seus discípulos, Jesus lhes declarou: “Bem-aventurados vós, os pobres, porquanto a vós pertence o Reino de Deus. 20Então, levantando ele os olhos para os seus discípulos, dizia: Bem-aventurados vós, os pobres, porque vosso é o reino de Deus.   20And he lifted up his eyes on his disciples, and said, Blessed be ye poor: for yours is the kingdom of God.
21Bem-aventurados vós, que agora tendes fome, porque sereis saciados. Bem-aventurados vós, que neste momento estais chorando, pois haveis de sorrir. 21Bem-aventurados vós, que agora tendes fome, porque sereis fartos. Bem-aventurados vós, que agora chorais, porque haveis de rir.   21Blessed are ye that hunger now: for ye shall be filled. Blessed are ye that weep now: for ye shall laugh.
22Bem-aventurados sois, quando as pessoas vos odiarem, vos expulsarem do convívio delas, vos insultarem, e excluírem vosso nome, julgando-o execrável, por causa do Filho do homem. 22Bem-aventurados sereis quando os homens vos odiarem, e quando vos expulsarem da sua companhia, e vos injuriarem, e rejeitarem o vosso nome como indigno, por causa do Filho do homem.   22Blessed are ye, when men shall hate you, and when they shall separate you from their company, and shall reproach you, and cast out your name as evil, for the Son of man's sake.
23Regozijai-vos nesse dia e saltai de alegria, porquanto imensa é a vossa recompensa no céu. Pois, desta mesma maneira, os seus antepassados agiram contra os profetas. Os pesares de Jesus 23Regozijai-vos nesse dia e exultai, porque eis que é grande o vosso galardão no céu; pois assim faziam os seus pais aos profetas.   23Rejoice ye in that day, and leap for joy: for, behold, your reward is great in heaven: for in the like manner did their fathers unto the prophets.
KJAJFAKJV
24Porém, ai de vós, os ricos! Pois já ganharam toda a vossa consolação. 24Mas ai de vós que sois ricos! porque já recebestes a vossa consolação.   24But woe unto you that are rich! for ye have received your consolation.
25Ai de vós, que viveis agora em fartura, porque vireis a passar fome. Ai de vós, que agora rides, pois haveis de muito lamentar e prantear. 25Ai de vós, os que agora estais fartos! porque tereis fome. Ai de vós, os que agora rides! porque vos lamentareis e chorareis.   25Woe unto you that are full! for ye shall hunger. Woe unto you that laugh now! for ye shall mourn and weep.
26Ai de vós, quando todos vos louvarem! Porquanto, foi assim também que agiram os vossos antepassados com os falsos profetas. Jesus ensina a amar aos inimigos 26Ai de vós, quando todos os homens vos louvarem! porque assim faziam os seus pais aos falsos profetas.   26Woe unto you, when all men shall speak well of you! for so did their fathers to the false prophets.
KJAJFAKJV
27Contudo, tenho a declarar a vós outros que me estais ouvindo: amai os vossos inimigos, fazei o bem aos que vos odeiam; 27Mas a vós que ouvis, digo: Amai a vossos inimigos, fazei bem aos que vos odeiam,   27But I say unto you which hear, Love your enemies, do good to them which hate you,
28abençoai aos que vos amaldiçoam, orai pelos que vos acusam falsamente. 28bendizei aos que vos maldizem, e orai pelos que vos caluniam.   28Bless them that curse you, and pray for them which despitefully use you.
29Ao que te bate numa face, oferece-lhe igualmente a outra; e, ao que tirar a tua capa, não o impeças de tirar-te também a túnica. 29Ao que te ferir numa face, oferece-lhe também a outra; e ao que te houver tirado a capa, não lhe negues também a túnica.   29And unto him that smiteth thee on the one cheek offer also the other; and him that taketh away thy cloke forbid not to take thy coat also.
30Dá sempre a todo aquele que te pede; e, se alguém levar o que te pertence, não lhe exijas que o devolva. 30Dá a todo o que te pedir; e ao que tomar o que é teu, não lho reclames.   30Give to every man that asketh of thee; and of him that taketh away thy goods ask them not again.
KJAJFAKJV
31Como quereis que as pessoas vos tratem, assim fazei a elas da mesma maneira. 31Assim como quereis que os homens vos façam, do mesmo modo lhes fazei vós também.   31And as ye would that men should do to you, do ye also to them likewise.
32Pois se amais os que vos amam, que galardão pode haver nisso? Porquanto, até mesmo os ímpios amam aqueles que os amam. 32Se amardes aos que vos amam, que mérito há nisso? Pois também os pecadores amam aos que os amam.   32For if ye love them which love you, what thank have ye? for sinners also love those that love them.
33E se fizerdes o bem aos que vos fazem o bem, qual é o vosso mérito? Até os infiéis agem deste mesmo modo. 33E se fizerdes bem aos que vos fazem bem, que mérito há nisso? Também os pecadores fazem o mesmo.   33And if ye do good to them which do good to you, what thank have ye? for sinners also do even the same.
34E ainda, se emprestais àqueles de quem esperais receber de volta, qual é a vossa recompensa? Também os incrédulos emprestam aos incrédulos, a fim de receberem seu retorno desejado. 34E se emprestardes àqueles de quem esperais receber, que mérito há nisso? Também os pecadores emprestam aos pecadores, para receberem outro tanto.   34And if ye lend to them of whom ye hope to receive, what thank have ye? for sinners also lend to sinners, to receive as much again.
35Concluindo, amai os vossos inimigos, fazei o bem e emprestai, sem se desesperar por receber de volta. Então, sendo assim, grande será o vosso prêmio, e sereis filhos do Altíssimo. Porquanto Ele é bondoso até mesmo para com os ingratos e ímpios. 35Amai, porém a vossos inimigos, fazei bem e emprestai, nunca desanimado; e grande será a vossa recompensa, e sereis filhos do Altíssimo; porque ele é benigno até para com os integrantes e maus.   35But love ye your enemies, and do good, and lend, hoping for nothing again; and your reward shall be great, and ye shall be the children of the Highest: for he is kind unto the unthankful and to the evil.
36Sede misericordiosos para com os outros, assim como vosso Pai é misericordioso para convosco. Não cabe ao discípulo julgar o próximo 36Sede misericordiosos, como também vosso Pai é misericordioso.   36Be ye therefore merciful, as your Father also is merciful.
KJAJFAKJV
37Não julgueis e não sereis julgados; não condeneis e não sereis condenados; perdoai e sereis perdoados. 37Não julgueis, e não sereis julgados; não condeneis, e não sereis condenados; perdoai, e sereis perdoados.   37Judge not, and ye shall not be judged: condemn not, and ye shall not be condemned: forgive, and ye shall be forgiven:
38Dai sempre, e recebereis sobre o vosso colo uma boa medida, calcada, sacudida, transbordante; generosamente vos darão. Portanto, à medida que usares para medir o teu próximo, essa mesma será usada para vos medir. Parábola do cego que conduz outro cego 38Dai, e ser-vos-á dado; boa medida, recalcada, sacudida e transbordando vos deitarão no regaço; porque com a mesma medida com que medis, vos medirão a vós.   38Give, and it shall be given unto you; good measure, pressed down, and shaken together, and running over, shall men give into your bosom. For with the same measure that ye mete withal it shall be measured to you again.
39Então, Jesus lhes propôs também uma parábola: “É possível um cego guiar outro cego? Não acontecerá que ambos venham a cair em algum buraco? 39E propôs-lhes também uma parábola: Pode porventura um cego guiar outro cego? não cairão ambos no barranco?   39And he spake a parable unto them, Can the blind lead the blind? shall they not both fall into the ditch?
40O discípulo não pode estar acima do seu mestre e; entretanto, todo aquele que completar condignamente seu aprendizado, será como seu mestre. 40Não é o discípulo mais do que o seu mestre; mas todo o que for bem instruído será como o seu mestre.   40The disciple is not above his master: but every one that is perfect shall be as his master.
KJAJFAKJV
41Por que reparas no cisco que está no olho do teu irmão e não percebes o tronco que está no teu próprio olho? 41Por que vês o argueiro no olho de teu irmão, e não reparas na trave que está no teu próprio olho?   41And why beholdest thou the mote that is in thy brother's eye, but perceivest not the beam that is in thine own eye?
42Como poderás advertir a teu irmão dizendo: ‘Irmão! Permita que eu tire o cisco do teu olho’, se tu mesmo nem sequer notas o tronco que repousa no teu olho? Hipócrita! Retira, antes de tudo, a trave do teu olho e, só assim, verás com nitidez para tirar o cisco que está no olho de teu irmão. Parábola da árvore e seu fruto 42Ou como podes dizer a teu irmão: Irmão, deixa-me tirar o argueiro que está no teu olho, não vendo tu mesmo a trave que está no teu? Hipócrita! tira primeiro a trave do teu olho; e então verás bem para tirar o argueiro que está no olho de teu irmão.   42Either how canst thou say to thy brother, Brother, let me pull out the mote that is in thine eye, when thou thyself beholdest not the beam that is in thine own eye? Thou hypocrite, cast out first the beam out of thine own eye, and then shalt thou see clearly to pull out the mote that is in thy brother's eye.
KJAJFAKJV
43Não existe árvore boa produzindo mau fruto; nem inversamente, uma árvore má produzindo bom fruto. 43Porque não há árvore boa que dê mau fruto nem tampouco árvore má que dê bom fruto.   43For a good tree bringeth not forth corrupt fruit; neither doth a corrupt tree bring forth good fruit.
44Pois cada árvore é conhecida pelos seus próprios frutos. Não é possível colher-se figos de espinheiros, nem tampouco, uvas de ervas daninhas. 44Porque cada árvore se conhece pelo seu próprio fruto; pois dos espinheiros não se colhem figos, nem dos abrolhos se vindimam uvas.   44For every tree is known by his own fruit. For of thorns men do not gather figs, nor of a bramble bush gather they grapes.
45Uma pessoa boa produz do bom tesouro do seu coração o bem, assim como a pessoa má, produz toda a sorte de coisas ruins a partir do mal que está em seu íntimo, pois a boca fala do que está repleto o coração. A parábola do sábio e do insensato 45O homem bom, do bom tesouro do seu coração tira o bem; e o homem mau, do seu mau tesouro tira o mal; pois do que há em abundância no coração, disso fala a boca.   45A good man out of the good treasure of his heart bringeth forth that which is good; and an evil man out of the evil treasure of his heart bringeth forth that which is evil: for of the abundance of the heart his mouth speaketh.
KJAJFAKJV
46E por que me chamais: ‘Senhor, Senhor’, e não praticais o que Eu vos ensino? 46E por que me chamais: Senhor, Senhor, e não fazeis o que eu vos digo?   46And why call ye me, Lord, Lord, and do not the things which I say?
47Eu vos revelarei com quem se compara àquela pessoa que vem a mim, ouve as minhas palavras e as pratica. 47Todo aquele que vem a mim, e ouve as minhas palavras, e as pratica, eu vos mostrarei a quem é semelhante:   47Whosoever cometh to me, and heareth my sayings, and doeth them, I will shew you to whom he is like:
48É como se fosse um homem que, ao construir sua casa, cavou fundo e firmou os alicerces sobre a rocha. E sobrevindo grande enchente, o rio transbordou e as muitas águas avançaram sobre aquela casa, mas a casa não se abalou, por ter sido solidamente edificada. 48É semelhante ao homem que, edificando uma casa, cavou, abriu profunda vala, e pôs os alicerces sobre a rocha; e vindo a enchente, bateu com ímpeto a torrente naquela casa, e não a pôde abalar, porque tinha sido bem edificada.   48He is like a man which built an house, and digged deep, and laid the foundation on a rock: and when the flood arose, the stream beat vehemently upon that house, and could not shake it: for it was founded upon a rock.
49Entretanto, aquele que ouve as minhas palavras e não as pratica, é como um homem que construiu sua casa sobre a terra, sem alicerces. No momento em que as muitas águas chocaram-se contra ela, a casa caiu, e a sua destruição foi total”. 49Mas o que ouve e não pratica é semelhante a um homem que edificou uma casa sobre terra, sem alicerces, na qual bateu com ímpeto a torrente, e logo caiu; e foi grande a ruína daquela casa.   49But he that heareth, and doeth not, is like a man that without a foundation built an house upon the earth; against which the stream did beat vehemently, and immediately it fell; and the ruin of that house was great.
Bíblia King James Atualizada (Português) © 2012 Abba Press. Usado com permissão.

João Ferreira de Almeida Atualizada

King James Bible. Text courtesy of BibleProtector.com.

Bible Hub
Luke 5
Top of Page
Top of Page